Desde os anos 90 que fomos ouvindo falar, aqui e ali durante investigações do GIFI na região de Sintra, no sítio arqueológico que se encontraria na arriba sobre o mar, à esquerda da praia das Maçãs.

Há que confessar que não de dedicámos atenção suficiente a tais relatos. Manifestamente, fizemos mal.

Já recentemente, veio a National Geographic publicar interessantes artigos sobre o tema, na sequência das campanhas arqueológicas realizadas no Alto da Vígia. É uma história de milénios, somada a séculos de interesse pelo local, pelo menos desde o Renascimento. Leia-se, nomeadamente, em https://nationalgeographic.pt/historia/grandes-reportagens/2327-o-enigmatico-sitio-do-alto-da-vigia.

Também o museu arqueológico de São Miguel de Odrinhas muito tem contribuído para a divulgação deste interessantíssimo sítio arqueológico:

(https://www.facebook.com/page/241590372599358/search/?q=alto%20da%20vigia).

Vale muito bem a visita, com uma vista deslumbrante para a praia Grande, à esquerda, e para a praia das Maçãs, à direita, perante o Mar-Oceano, em todo o seu esplendor.